Posts Tagged ‘tv’

Hoje tem pão de caixa!

outubro 22, 2009

Rá! Para quem não sabe, o sarcastônico agora tem podcast também! o super-hiper-mega-power-flower-master-blaster delicioso de se ver e ouvir Pão de Caixa! Seu podcast preferido sobre seriados!

E o que você está esperando para ver? o que você está esperando para baixar e ouvir? corre logo antes que acabe! semana que vem tem mais.

http://www.4shared.com/file/142574539/e9fe58f8/Po_de_caixa.html

P.S.: Dê sua sua opinião sobre o Pão de Caixa! assim poderemos melhorá-lo a cada dia! ;]

Anúncios

Na Inglaterra também tem gente sem noção

outubro 19, 2009

Encontrei esse vídeo de um participante do X Factor inglês e simplesmente não poderia deixar de compartilhar com vocês aqui! Afinal, vocês achavam que lá na terra da rainha não tinha gente sem noção que pensa que canta? se enganou quem respondeu sim a essa pergunta.

Acho válido a coragem da pessoa ao se expor desta maneira, acho super válido a confiança quando dá um belíssimo fora no todo-poderoso Simon Cowell, acho válido até a audácia de resolver cantar uma música pertencente ao repertório de uma das juradas (Cheryl Cole, integrante das Girls Aloud), só não foi válido sua apresentação.

Vergonha alheia mode ON.

 

P.S.: Me desculpem pelo título do vídeo, mas não fui eu quem o pus. ok?

Tudo por uma vaga em Reallity Show

outubro 18, 2009
Será um Alien ? Não, apenas gás hélio sobrevoando o céu do Colorado, apenas...

Será um Alien ? Não, apenas gás hélio sobrevoando o céu do Colorado, apenas...

 

 

Até que ponto vai a humanidade?

Até que ponto vai os desejos, os sonhos, ou até a falta de vergonha na cara das pessoas ?

Até descobrirem que o pobre garoto de 6 anos estava apenas brincando de esconde-esconde dentro do sotão de casa, O MUNDO parou para assistir ao drama dos pais que estavam inconsolados com o seu filho pairando pelo ar do estado do Colorado no EUA. Há quem diga que o menino só queria ir em busca da sua mãe, que já havia participado de um reality show de troca de esposas, mas essa tentativa foi frustrada.

Quem com ferro fere será ferido não é mesmo ? É…

E foi assim que aconteceu o balão foi arquitetado pela própria família, e estava só esperando o tripulante fantasma no quintal de casa ou seria um alien? Afinal o balão tinha forma de nave espacial.

Vai entender né…

 Mas quem ficou fulo da vida foi a força aérea que passou um dia todo em vão, buscando quem estava em casa apenas brincando.

Mas onde os pais entram nessa história ?

Chamar atenção para mais um reality show acreditam ? é verdade.

Vai que a moda pega, o transito que ficaria no céu, de gente procurando vagas para realitys…

A revolução das “novelas” Orientais

maio 24, 2009
Dorama

Dorama

Depois dos animes saírem do Japão e ganharem o mundo, agora chegou a vez dos Doramas que é basicamente a definição generalizada do gênero novela oriental, seja ela J-Drama (Drama Japonês), K-Drama (Drama Koreano) e C-Drama (Drama Chinês).

Alguns, a primeira vista, irão se encher de pedras na mão e partir com mil e um preconceitos contra as “novelas” orientais, afinal são novelas como as brasileiras, certo? ERRADO! O estilo oriental de novela é completamente diferente, com um roteiro beirando mais para um mangá/anime shoujo do que para o estilo de novela ocidental. A segunda grande diferença está no número de episódios, beirando sempre a média de treze a no máximo vinte e seis em sua grande maioria.

No entanto, o ponto mais forte que difere os J-Dramas das novelas propriamente ditas é a questão do enquadramento do psicológico do personagem, que se torna muitas vezes o próprio cenário da trama, o modo de pensar e como agir durante a vida reflete inteiramente na história, não se trata apenas em ter um corpo bonito, mas sim como se tornar uma pessoa melhor e o mais feliz possível.

As mais diversas histórias de J-Drama seguem em comum com esse padrão, enxergar a felicidade nas pequenas coisas, como ganhar um simples bolinho de arroz e sorrir profundamente.

No Japão essas histórias são montadas para pessoas de todas as idades, mas o interessante mesmo, é que os doramas estão cativando os jovens fora da terrinha do sol nascente e está impressionando até mesmo o governo nipônico, que agora está montando uma forte campanha não somente com anime e mangá mas também com suas novelas orientais.

É visivelmente mais fácil mostrar boa parte da cultura e do dia a dia do Japão através de imagens reais de ruas e dos costumes, do que com desenhos.

Apesar das diferenças, anime e J-drama tem muito em comum já que muitos dramas japoneses nasceram através dos grandes sucessos dos desenhos orientais.

Dentre eles podemos citar “Koizora”, “Cyborg Girl” , “Honey Clover”, “Zettai Kareshi”,”Hana Yori Dango” e muito mais. As novelas possuem algumas diferenças nas histórias, sempre alguns fatos e acontecimentos são modificados para que o enredo fique o mais aceitável possível na realidade das produtoras, porém o ritmo se mantém o mesmo e a parte central do que se caracteriza cada anime permanece inalterado nos J-dramas.

Os J-Dramas tendem a crescer cada vez mais não somente no Japão, mas a expectativa do governo japonês é que em breve possam bater de frente com séries grandes dos Estados Unidos e se tornarem uma referência não apenas ao público ligado na cultura japonesa, mas acessível a todos que queiram apreciar as belas histórias que os dramas japoneses tem a oferecer.

Por Nathália Nóbrega